Tsuki ga Michibiku Isekai Douchuu Capítulo 1


<-Capítulo Anterior||Próximo Capítulo->

Capítulo 1: Estando em um novo mundo

Eu sou Misumi Makoto.

Estudante do segundo ano do ensino médio, eu frequento o ensino médio em Nakatsuhara.

O meu clube é o clube de tiro com arco, tiro com arco é a minha especialidade.

Notas são médias, força física normal.

Aparência, provavelmente não muito bom, mas não tão ruim.

Passatempos são um pouco otaku, mas como meu alcance seja muito grande, então eu normalmente experimento tudo o que eu posso.

Interesses que não vão mudar são o arco e dramas históricos.

A parte boa na minha vida, minha aparência ao utilizar um arco.

Embora, eu ainda ache que tenho um perfil normal.

Para estar em tal lugar definitivamente não é bom para mim.
Um deserto marrom-avermelhado, tanto quanto os olhos podem ver.

Isto se parece com os lugares que eu tinha ouvido falar em minhas aulas.

No dia seria quente, à noite se tornaria frio, esse tipo de lugares.

A partir do momento que fui enviado para cá eu já enfrentei 2 noites.

Eu não comi qualquer coisa, mas por alguma estranha razão eu não sinto fome.

Foi-me dito que neste outro mundo eu posso mostrar habilidades físicas que superam a capacidade humana então talvez seja este o motivo.

Ah… Por que eu estou neste tipo de lugar?

Resposta, o resultado de uma brincadeira da Deusa.

Eu entendi, eu já entendi.

Eu não sei quantas vezes eu perguntei e me respondi a esta pergunta.

O que deveria ter sido um dia normal, sem nada acontecendo.

Ser chamado por um dos Mikos, Tsukuyomi Mikoto, em seguida, sendo abduzido por essa deusa estranha e depois aqui está eu.

O primeiro me deu a impressão de ser um Deus bondoso, mais tarde, uma Deusa que eu não quero nem reconhecer.

Então, mais tarde aquela Deusa, não, a existência pior do que um inseto me jogou em um deserto desconhecido, onde não só as pessoas, mas até mesmo a presença de animais não pode ser detectada.

Realmente, eu não entendo nada.

Nesta situação, sem pertences em tudo, eu andei através da vasta paisagem imutável do deserto durante todo o dia.

Em vez de sequestro, isto foi mais perto de assassinato.

Não é bom, quanto mais eu pensar sobre essa cadela, mais deprimido eu fico.

Meu entorno já estava completamente escuro.

Ainda tinha a luz das estrelas, mas não foi adequado para caminhar.

Porque este corpo já havia se acostumado à luz elétrica, a escuridão neste lugar emanava pouco medo para mim.

Mas mesmo se eu digo assim, dormir é possível.

Tenho começado a ficar sonolento, mas se eu dormir profundamente, coisas perigosas podem se aproximar de mim.

Que eu não posso ver nada, não significa que não há nada em tudo.

Eu estou começando a sentir que não seria ruim para seguir o que a Deusa disse e encontrar alguns orcs ou duendes.

Um lugar onde eu possa dormir em paz. Eu não achava que um lugar assim me faria sentir o quanto que é importante para mim.

Amanhã.

Amanhã com certeza.

Eu oro que uma mudança ocorra.

Se possível, por favor, deixe-me ter uma conversa com alguém.

Eu não vou nem me preocupar com a aparência, eu também quero encontrar comida.

Ha… Espero que a manhã chegue em breve.

Uma incrivelmente longa noite que não se pode comparar com quando eu assisti animes na net no meu quarto para passar o tempo.

Segundo dia de viver em outro mundo, o mesmo que o primeiro. Nada acontecendo.

Na sombra de uma pedra eu pus minha cabeça entre meus joelhos e esperei a manhã chegar.

<-Capítulo Anterior||Próximo Capítulo->

Anúncios