Tsuki ga Michibiku Isekai Douchuu Prólogo 1


<-Índice||Próximo Capítulo->

Prólogo – Este é o começo do céu do outono

Acordar, fazer café da manhã e enquanto isso preparar o bentou.

Terminar o treinamento da manhã do meu clube, terminar minhas aulas e ir novamente para o clube.

Depois de sair com os meus amigos no clube eu volto para casa. Eu tomo banho e troco de roupa.

Sento junto com a minha família e depois descanso.

No final das noites de outono eu leio livros, jogo jogos e navego na internet.

Durmo.

Isso é tudo o que eu fiz.

Pode haver algo nas entrelinhas, mas não é tão relevante.

“É por isso que é estranho se eu não estou dormindo na minha casa!”

Está certo. Sem dúvida.

Mesmo assim, ‘aqui’ eu estou.

Em uma sala quadrada que parecia ter estrelas impressas nela. Eu andei em torno inspecionando o chão e as paredes do quarto.

Eu estava preocupado com o fato de que não há nenhuma porta ou caminho para sair.

E desde que eu estive aqui, eu não senti a presença de qualquer outra pessoa durante todo este tempo.

Agora mesmo eu estava encostando minhas costas em um canto da sala e ponderando.

“Está muito calmo, hein?”

“?!”

Uma voz. Tinha claramente um volume alto e ainda nada aconteceu no quarto. Olhando ao redor da sala, vi que nada no quarto havia mudado.

“Eu usei uma voz alta apenas uma vez e em seguida, você foi pesquisar em torno da sala e começou a tentar entender o presente estado de coisas e ao mesmo tempo em que estava em vigia você estava tentando organizar os seus pensamentos, huh.”

“Quem é você?”

A voz continuou. Eu só entendi que era uma voz. Parece que é melhor compreendê-la, pedindo diretamente.

“Deus, se era isso que eu dissesse você acreditaria em mim?”

“De jeito nenhum.”

Esta voz, ele tem um parafuso solto?

“Isso é lamentável. Então, eu agora terei que te enviar a um realmente bom outro mundo. De todo modo, é uma viagem de uma direção e você não será capaz de retornar ao seu mundo original.”

“Oioioioioioioioioioioi!!!”

Que tipo de coisa estúpida você está dizendo de forma tão suave?

“Sobre o que você tem que fazer, você deve perguntar ao encarregado desse lugar quando você for. E com isso, eu sinto muito, mas eu preciso de um sinal de sua aprovação para isso.”

“Como diabos eu vou!”

Como esperado, a minha voz estava violenta. É um dado, óbvio, quem iria aceitar depois de ouvir isso?!

“Oya, você não quer? É uma discussão estranha, mas eu ouvi dizer que você estaria indo.”

A voz parecia ter algum tom perturbado. Há um limite para piadas. Eu não tenho, de forma alguma, ouvido sobre isso de antemão!!!

“Não é uma mentira, eu nunca ouvi falar de tal conversa! Ok? Além disso, que tipo de idiota iria simplesmente aceitar tal conversa sobre outro mundo?! Estarmos falando sobre isso que é estranho!”

Com toda a minha habilidade eu tento explicar.

“Fumu, parece que realmente não era você. Eu fiz algo ruim, peço desculpas.”

“Você vê… Eu estou feliz que você pediu desculpas, mas você vai me trazer de volta?!”

Meu tom original de voz ainda não voltou. Posso não ser capaz de fazê-lo em um tom calmo, mas eu sei que não é um tom educado de voz. É culpa desta situação incrivelmente ruim. Não é culpa minha.

“Claro.”

A voz disse isso.

Estou feliz. É uma “voz” que pode entender. Nas situações normais, esta parte é onde ele iria dizer ‘me desculpe’, ‘impossível’ ou ‘Oh bem, tente o seu melhor’ e, em seguida, o jogou fora.

Ou talvez o cara fale ‘Você já está morto~’ e sem o ouvir, o lança para um outro mundo. É o que eu pensei que iria acontecer, mas…

Estou salvo~

“Bem, eu sinto muito… Mas, então, deve ser a sua irmã mais velha ou a mais jovem.”

Eu retiro o que eu disse. Esse cara disse algo que não pode ser passado como uma piada. Ele disse que de uma forma indiferente, mas aquelas eram palavras que eu não poderia deixar escapar.

“Ei, o que você acabou de dizer?”

“Hn? Se você não é a pessoa que faz parte disto, então isso significa que é uma de suas irmãs.”

“Não me venha com essa ‘Hn?’! Se você fizer qualquer coisa para as minhas irmãs eu não vou pegar leve com você!”

Os dois agiram como se nada tivesse mudado. Para eles terem resolvido a aceitar este tipo de situação de antemão não é possível. E, mesmo sem se preocupar com ele, esse cara só diz que seria necessário um desses dois. Não mexa comigo.

“Mas você sabe, você é o filho mais velho da família Misumi, Misumi Makoto-kun certo?”

Por que ele sabe meu nome?

“As crianças da casa Misumi deve ter ouvido falar disto, é o que me foi dito eu acho?”

A voz parecia ser um nível mais perturbado do que antes. Eu estava um pouco surpreso com essa voz. Mesmo quando me sequestraram do nada ele ainda tentou respeitar a minha vontade.

Com isso…

“Bem, você vê. Por enquanto, você pode me dizer seu nome?”

Está certo. Eu tenho de alguma forma conseguido não cair em pânico, mas não é como se eu estou calmo.

Eu estou de apenas alguma forma calma, é uma maneira melhor de dizer isso. Eu tenho que acalmar um pouco.

Eu ainda nem sequer sei a identidade dessa voz.

“Hn? Fumu, você está certo. Peço desculpas por não me apresentar. Eu sou chamada Tsukuyomi.”

“Eu vejo, Tsukuyomi. Tsukuyomi… Tsukuyomi?!”

“Oya, você sabe? Você está muito bem preparado.”

“Um dos três deuses xintoístas, ‘aquele’ Tsukuyomi no Mikoto?!” [1]

“Oooh, isso é certo. Em comparação com os outros dois eu sou um personagem menor embora.”

Bem, isso é verdade. Mas mesmo assim ainda é um grande nome.

Eu gosto de mitos e história (embora apenas um pouco), é por isso que, se o que a voz disse é verdade, então é bem o personagem.

“Para que Tsukuyomi-sama se encontrar comigo, por que é assim?”

Para começar, as coisas que eu entendia era o mínimo. Em certo sentido, eu não entendia por que eu fui escolhido para viajar para outro mundo.

“… Eu vejo, você realmente não sabe de nada. Tudo bem, eu vou lhe dizer.”

E, em seguida, do conteúdo que foi dito, eu sinceramente não poderia entender muito.

Eu estava em uma posição muito afortunada em comparação com as pessoas que são chamadas para outro mundo, se perdem ou reencarnam, foi o que eu pensei.

[1] Por curiosidade Tsukuyomi é o Deus da Lua. Os outros dois deuses são Amaterasu, Deusa do Sol, e Susano o Deus da Tempestade.

<-Índice||Próximo Capítulo->