Transcending The Nine Heavens Capítulo 2


<-Capítulo Anterior||Índice||Próximo Capítulo->

Capítulo 2 – Do início novamente, o quanto do bom e do belo eu posso manter?

“Qing Wu!” Chu Yang acordou violentamente. Ele sequer tinha aberto os olhos quando deu um doloroso grito de tocar o coração. Ele sentiu o seu próprio coração se torcendo, doendo, mas o som era fraco, como se estivesse gemendo, como se não fosse nem mesmo possível ouví-lo…

Depois de aquelas palavras saírem da sua boca, Chu Yang ficou momentaneamente atordoado!

Eu… Vi claramente Qing Wu vindo me receber, aquele sorriso familiar e agradável, aquelas ternas emoções que já tinham preenchido todo o seu ser…

Ainda assim… O que é isto?

Em frente aos seus olhos haviam ilimitadas montanhas rochosas e, no horizonte, o pôr do sol tingia o céu com a cor de sangue. Haviam bambus verdes balançantes e farfalhantes em todas as direções, como se fizessem o brilho roxo da noite presente no horizonte se agitar, ondulando entre a brisa, ascendendo, uma onda de cada vez…

Ao lado de suas pernas havia uma mancha de sangue.

Uma dor severa veio do topo de sua cabeça, fazendo-o mover sua mão para tocá-la. Sua mão ficou completamente encharcada por um vermelho escuro.

Aquela montanha, aquela rocha, aquele cenário, aquela ferida, eram todas muito familiares!

Onde é este lugar?

Uma voz soou ao lado de sua orelha, trazendo consigo um tom de quem parecia estar prestes a chorar, dizendo. “Hey… Por favor… Por favor, não me assuste, eu, eu… Eu sou tão bonito e atrativo, ah, eu não posso me assustar…”

Chu Yang estava secreta e momentaneamente confuso. Ele pensou, Será que… Eu realmente não morri ainda? Mas então, quem é esse cara gritando ao lado da minha orelha? Ele realmente é bem ‘especial’. Claramente, ele está quase morrendo de pavor, mas ainda não se esqueceu de ser narcisista…

Quando viu que não receberia uma resposta, aquela pessoa gritou novamente. “Realmente… Não está mais respirando? Wu…” O som do choro daquela pessoa parecia mais o apito de um trem. Se alguém ouvisse de longe, ele ou ela definitivamente pensaria que era o uivo de algum lobo faminto *Ao~~~*.

O som era longo e alto, reverberando melodiosamente. Tinha até mesmo um leve eco, só que esse eco se tornou um *Ao~~~* ……

Realmente talentoso. Chu Yang pensou secretamente. Ele descobriu só por ouvir que esse som realmente estava cheio de medo e tristeza, o qual não podia ser falsificado; Mesmo assim, esse choro… Realmente era algo difícil de uma pessoa se orgulhar.

Era como se os Céus tivessem errado quando estavam criando essa pessoa, eles sem querer usaram a garganta de um pato naquele corpo, ou também podia ser a de um marreco…

Provavelmente, depois de completo, os Céus novamente pensaram que algo estava errado e tentaram compensá-lo — Também utilizando metade da garganta de um lobo…

Esse choro, ah, parecia bem familiar… Esse tipo de som era absolutamente único! Chu Yang sentiu seu coração tremer momentaneamente, memórias de um tempo a muito esquecido subitamente emergiram em sua mente…

“Eu só estava praticando técnicas de cajado, não havia a necessidade de morrer com um único golpe meu desse jeito, certo?” Aquela voz tremia e estava, obviamente, aterrorizada. “…Todos eles golpearam você com o cajado muitas vezes. Por que quando eu o golpeei uma única vez, você já caiu para frente e se apoiou em mim… Isso, isso… Isso é malditamente injusto! A não ser que… Já que você viu que eu cresci e me tornei tão lindo e atrativo, você ficou com ciúmes e decidiu me incriminar intencionalmente, huh?”

Chu Yang estava em sem palavras.

Quem é essa pessoa? Ele realmente continua reclamando… Não tem problema ele reclamar, afinal, ninguém está disposto a causar este tipo de incidente, certo? É só que, mesmo reclamando, ele inesperadamente não se esquece de elogiar a si mesmo…

Ser um narcisista tão grande já é o suficiente para chocar os Céus e a Terra, além de fazer os fantasmas e os deuses chorarem!

Com um gemido, Chu Yang finalmente forçou seus olhos a se abrir. Ele já não conseguia mais ignorar aquela pessoa. Mesmo Chu Yang sendo o Reverenciado Artista Marcial da Espada Venenosa de toda uma geração, ele também não conseguia tolerar aquela voz.

Aquela voz, como se fosse a mistura do uivo de um lobo que está faminto faz muito tempo com o som gutural e rouco de um marreco… Esqueça uma pessoa, até mesmo um tigre colapsaria depois de ouví-la por um bom tempo…

“Você acordou, você acordou, wahaha, eu sabia. Você estava chocado e atordoado pela minha aparência inteligente, você não tinha desmaiado realmente…” Aquela voz continuou a devastar as orelhas de Chu Yang. “Exatamente como eu havia dito, huh. Quando estávamos tendo nossa luta de treino, você começou a encarar o meu rosto sem desviar o olhar… Então foi isso que aconteceu!”

Chu Yang franziu as sobrancelhas. Seu cérebro ainda era um oceano turbulento de dor. Com uma voz suave, ele gritou. “Cala boca!” Ele absolutamente não conseguia mais tolerar aquilo. Se você disser mais duas sentenças, eu vou esfaquear meu próprio coração mais duas vezes e só então ficarei satisfeito. Afinal, eu sou alguém que já morreu uma vez, mas mesmo assim ainda tenho que sofrer uma tortura horrível dessas. Isso ainda faz algum sentido? Mesmo na morte, não me é permitido alcançar a paz…

Ainda existe alguma moral neste mundo…

Apesar de sua voz estar baixa, ela estava cheia da dignidade e da esmagadora disposição do Reverenciado Artista Marcial da Espada Venenosa, a qual emanou de forma invisível. Dissuadido pela dureza contida naquelas duas curtas palavras, o incansável companheiro tagarela e narcisista ficou atordoado, sem saber o que falar.

Chu Yang, após violentamente forçar seus olhos a se abrir, descobriu que a luz do sol à sua frente era ofuscante demais, fazendo uma explosão caótica de estrelas douradas preencher momentaneamente sua visão. Ele só pôde fechar os seus olhos de novo para então abrí-los lentamente…

Na sua frente estava um rosto humano. Sim, ele era aquela pessoa interessante que estava forçosamente elogiando a si mesmo como alguém bonito e atrativo. Correto, além de Chu Yang e daquela pessoa, não havia mais ninguém naquele lugar.

Contudo, quando Chu Yang viu o rosto daquela pessoa, seu coração imediatamente foi preenchido por um sentimento de intimidade e, ao mesmo tempo, ele não sabia se ria ou chorava. Para usar a frase ‘lindo e inteligente’ naquela pessoa, ele sinceramente sentia que ‘os recursos estavam inconscientemente sendo destruídos’!

Aquele rosto era absolutamente ‘não’ feio!

Ambos os olhos dele eram largos, enquanto seu nariz era reto e proeminente. Seus lábios eram pequenos e ele também possuía um par de sobrancelhas atrativas. Além disso, seu rosto era branco e equilibrado, nem gordo nem magro.

Contudo, as características mais bizarras eram que, embora seus olhos fossem largos e cheios de vigor, a distância entre eles era grande demais. Um olho parecia estar bem ao lado de sua orelha esquerda, enquanto o outro… Era vizinho de sua orelha direita.

Suas sobrancelhas eram naturalmente atrativas; elas eram retas mas um pouco inclinadas. Só que… Apesar de elas parecerem duas espadas, uma das espadas perfurava os Céus enquanto a outra cortava o próprio Inferno — As direções em que as sobrancelhas estavam inclinadas eram completamente opostas!

Seu nariz também era muito reto e proeminente. Só que… era reto e proeminente demais. A ponte de seu nariz parecia uma cordilheira que separava ambos os seus olhos!

Era simplesmente igual à Via Láctea, separando a Tecelã e o Vaqueiro*, forçando eles a olharem um para o outro de longe. Esses tipos de olhos, mesmo que se cruzassem e olhassem um ao outro… Ah, isso também seria bem difícil.

(*Zero: ‘A Tecelã e o Vaqueiro’ se refere à um conto sobre a história de amor entre Zhinü – A Tecelã, simbolizando Vega & Niulang – O Vaqueiro, simbolizando Altair. O amor deles não era permitido , então foram banidos para lados opostos do Rio Celeste – Simbolizando a Via Láctea~ :3  Ah, Vega e Altair são constelações \o/ >>> Mais Informações<<<)

Seus lábios também eram muito pequenos, tanto que chegavam a ser rosados. Entretanto, ter pequenos lábios cor de cereja no rosto de um homem… Especialmente no rosto deste tipo de homem…

Era igual à um prato de comida — Um pedaço branco como a neve de tofu com uma cereja completamente vermelha em cima…

Esse tipo de aparência, dizer que é único… Já poderia ser usado para descrevê-lo! Essa aparência possuía tantas coisas únicas que não deve haver outro parecido em lugar nenhum do mundo!

Ah… Se alguém conseguisse encontrar uma pessoa semelhante, Chu Yang sentia que simplesmente veneraria esse alguém. A dificuldade era muito grande.

“Tan Tan?” O corpo inteiro de Chu Yang se sentia dormente e dolorido. Ele também tinha sensação de que inúmeras facas estavam cortando violentamente sua mente, fazendo parecer que ela estava prestes a explodir. Mesmo assim, ele controlou a si mesmo com todas as forças, revelando um sorriso gentil. “Tan Tan, você ainda é tão tagarela e narcisista! Isso é super anormal!”

Essa pessoa era um grande amigo de infância de Chu Yang, seu “Irmão mais novo marcial” Tan Tan. ‘Tan’ para um dos caracteres chineses em ‘Fala’, e o outro ‘Tan’ para um dos caracteres chineses em ‘Epiphyllum’*. Este nome realmente invocava o sentimento de simpatia dentro das pessoas.
(*Ars: Espécie de Orquídea.)

Tan Tan era o camarada de Chu Yang, ambos eram órfãos, ou melhor, abandonados. Seu Professor os encontrou e os criou. Quando Chu Yang tinha dezenove anos, Tan Tan saiu em uma jornada. Então, subitamente, noticias de sua morte foram entregues à eles. Desde aquele momento, Chu Yang nunca soube a razão da morte de Tan Tan. Quem era seu inimigo?! Ele tinha investigado por muito tempo, mas nunca encontrou sequer uma única informação.

A morte de Tan Tan no passado foi uma influência extremamente grande sobre Chu Yang. Ele originalmente já era uma pessoa fechada, mas depois disso ele ficou ainda mais fechado e quieto…

Mais cedo, quando tinha ouvido aquela voz enquanto seus olhos estavam fechados, Chu Yang já estava completamente certo de quem era. Depois de abrir os olhos e passar o olhar por todo o lugar, quase que imediatamente, ele descobriu onde estava.

Este lugar realmente é familiar demais!

Seita Andar Além dos Céus*, atrás das montanhas, Floresta de Bambus Roxos. Este cenário — durante o tempo que tinha dezesseis, Tan Tan e ele estavam treinando usando técnicas de cajado quando ele subitamente caiu em um torpor e foi deixado inconsciente pelo golpe de Tan Tan que falhou de receber por causa do estado em que estava.
(Zero: Não é o verbo andar, mas sim andar de prédio, tipo, andar térreo, 1º andar e etc~)

Será que… Eu realmente retornei ao tempo em que tinha dezesseis? Mas como… Como isso pode ser possível??

O olhar de Chu Yang varreu os arredores. Depois de terminar um círculo completo, ele finalmente tinha certeza. Ele realmente tinha renascido! Ele voltou para quando tinha dezesseis anos. Este tipo de incidente completamente impossível tinha realmente acontecido. Mesmo com a forte mentalidade de Chu Yang, ele não pôde deixar de ficar atordoado pelo choque súbito e pela felicidade!

Se tudo pode se iniciar novamente, em minha vida, quanto de meus amigos e de minhas coisas eu posso manter?!

Hoje, eu realmente retornei ao passado?!

Chu Yang ficou atordoado por um bom tempo antes de se recuperar. Ele respirou fundo e suprimiu as emoções que se ascendiam e que pareciam estar jorrando para fora de seu coração. Seu rosto pareceu se inundar com um rubor vermelho e ele só pôde sentir seu coração tamborilando em batidas intensas, como se fosse pular para fora de sua boca a qualquer momento.

Virando sua cabeça, enquanto cuidadosamente inspecionava aquele Irmão que uma vez tinha perdido. No interior dos olhos de Chu Yang, emoções profundas e esmagadoras surgiram. Em uma voz fraca e rouca, ele brincou ao falar. “Tan Tan, eu finalmente entendi a verdade por trás da razão por você ter sido abandonado… Realmente, depois de ter dado a luz à tal pessoa… Se a família não estivesse tão assustada que instantaneamente se livraria dela, ah, a mentalidade deles seria extremamente tenaz.”

Tan Tan envergonhadamente coçou a cabeça. Inesperadamente, com um pouco de vergonha, ele falou. “A razão deve ser porque eu era muito lindo… Enquanto a razão pela qual você foi abandonado, eu acredito que seja porque você era muito feio…”

Chu Yang rolou os seus olhos e, subitamente, sentiu a vontade de bater em alguém, bem como a vontade de rir…

……

De acordo com suas memórias, estes ferimentos fizeram com que ele ficasse deitado na cama por meio mês.

Foi somente mais tarde que ele veio a saber que absolutamente não errou enquanto estava treinando com Tan Tan. Em vez disso, ele foi envenenado por alguém! Dentro de um determinado período de tempo, aquele veneno faria todo o seu corpo ficar paralisado!

Longe de ser o único alvo, a intenção original de seu envenenador, depois de calcular e almejar um período específico de tempo, era deixar Tan Tan matá-lo diretamente e em um único golpe. Desta maneira, Tan Tan levaria a culpa e também estaria acabado…

Dentro da Seita, as lutas de treino entre os discípulos era uma ocorrência comum. Contudo, se alguém acabasse morto, isso poderia se tornar um grande incidente! Tan Tan sendo expulso da Seita também seria uma consequência óbvia!

Entretanto, a pessoa responsável pelo envenenamento não tinha pensado que, durante aquele período de tempo, apesar de Tan Tan parecer ter o mesmo nível de Chu Yang, seu poder marcial na verdade era maior. Quando estava lutando com Chu Yang, ele já estava retendo uma parte de sua força.

Durante o momento mais crucial, apesar de não ter sido capaz de parar o seu ataque a tempo, ele conseguiu diminuir mais da metade da força, resultando em Chu Yang sofrendo somente feridas menores!

Sob o comando de seu Professor, incluindo si mesmo e Tan Tan, existiam apenas três discípulos! O envenenador com certeza era o seu “Irmão mais velho marcial”! Shi Qian Shan!

Um brilho gélido e perfurante apareceu momentaneamente nos olhos de Chu Yang. Ele silenciosamente recitou aquelas três palavras dentro de sua mente — Shi, Qian, Shan!

Sua expressão mudou e ficou similar ao frio do inverno, gradualmente ficando ainda mais gélida. Uma leve intenção assassina começou a envolvê-lo e se mover ao seu redor. Apenas por estar ao lado dele, sem saber porquê, Tan Tan subitamente sentiu um frio que perfurava seus ossos. No calor do verão, ele não pôde deixar de ficar arrepiado e tremer sob a força deste frio.

<-Capítulo Anterior||Índice||Próximo Capítulo->

5 comentários sobre “Transcending The Nine Heavens Capítulo 2

  1. Pingback: Capítulos de Mang Huang ji~ o/ (E TNH o/ ) – Aliança Novel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s