God-level Bodyguard in The City – Capítulo 4


‘                        <-Capítulo Anterior  | Índice | Próximo Capítulo->

Capítulo 4 – Rosa com espinhos

Tradução por: Farofa

“Alo, mamãe, a partir de hoje, eu estarei em uma missão secreta. Provavelmente vou ficar longe de casa por um tempo.” Fechada dentro do banheiro, Xiao Yi tirava sua calça jeans, enquanto falava com sua mãe; “Eu sei, eu me manterei segura. Você deve se preocupar é com quem mexer comigo. Papai que me ensinou artes marciais! Oh certo, não conta para o papai e para meu irmão, que estou em uma missão secreta. Eles ja trabalham pesados por ai, e não quero fazer com que eles se preocupem comigo. Lembre-se, cuide bem de seu corpo, e não jogue mahjong por muito tempo, é ruim para sua cintura. Tudo bem mamãe, vou tomar um banho agora, xau.”

Depois de desligar o telefone, os olhos de Xiao Yi se encheram de lágrimas. Ela se sentia egoísta, para escapar de seu trabalho como ‘confiscadora de porno’, ela pegou uma missão perigosa e está tendo que enganar sua mãe. Originalmente, seu pai e seu irmão mais velho foram transferidos para as forças especiais em Pequim, deixando ela e sua mãe pra trás na cidade de Lin Hai. Agora que ela também saiu de casa, sua mãe que ja tem mais de 50 anos está sozinha. [TN: O pai e o irmão não abandonou, foi apenas trabalhar em outra cidade e teve que deixar ela pra trás, não é como se eles tivessem sumido e dado uma foda pra elas KKKK]

Colocando de lado essas distrações, ela esperava que esses dois anos seria seu próprio Nirvana. No melhor dos casos, depois dessa missão ela também seria transferida para Pequim. Assim, ela levaria sua mãe junto e toda família iria se reunir novamente.

Xiao Yi tirou sua camiseta apertada enquanto assobiava um som baixinho. Vestindo apenas sua lingerie de renda preta, ela olhava para sua perfeita figura no espelho. De repente ela ouviu o som de alguém batendo na porta.

“Que que foi? To tomando banho. Por que você não usa o banheiro do andar de baixo?” Xiao Yi não precisava quebrar a cabeça pra adivinhar quem estava do lado de fora do banheiro.

“Eu irei fugir em 30 segundos, a partir de agora.” Chen Min disse friamente.

“O que você disse?” Xiao Yi estava espantada. Ela tinha até começado a esquecer que a pessoa que ela está seguindo é um condenado à morte.

“Eu disse exatamente o que você ouviu. Você ainda tem 25 segundos.” No momento que Chen Min terminou de dizer essas palavras, ele ja estava indo para a saida da casa no andar de baixo.

“Desgraçado! Você ousa fugir?!” Xiao Yi entrou em pânico. Ela imediatamente colocou de volta a calça jeans que tinha tirado e correu pra fora do banheiro. Ele nem mesmo teve tempo de colocar sua camiseta. Neste momento, Chen Min tinha acabado de fechar a porta de casa.

Sabendo que isso não era uma piada, Xiao Yi estava agitada. Ela pegou sua pistola e correu atrás dele. Com sorte, deu tempo ainda dela calçar seus sapatos.

Entrada da área comercial, era noite e as ruas estavam desertas. Sob as luzes laranjas dos postes, Chen Min estava no meio da rua enquanto corria rapidamente para frente.

“Pare! Não corra!” Xiao Yi, que originava de uma família de policiais, gritou por habito. Suas longas pernas, corria com longos passos atrás de Chen Min.

As duas pessoas estavam a aproximadamente 100m de distância, correndo a alta velocidade. Chen Min ja estava fora do alcance da pistola de Xiao Yi, então a unica opção que restava a Xiao Yi, era correr atrás dele.

Xiao Yi estava focada. Ela perseguia Chen Min já há 1.2km, correndo como uma louca há 3 minutos, indo parar numa rua movimentada.

As ruas neste dia estavam especificamente vivas. Diversos pedestres pela rua, e estes viram Xiao Yi correndo só de sutiã. Alguns mais pervertidos pegaram seus celulares pra tirarem fotos dos longos peitos de Xiao Yi apertados em seu sutiã enquanto ela corria pelas ruas. Mas assim que eles viram a arma na mão dela, ficaram tão assustados que no mesmo instante broxaram e abriram caminho pra ela.

Chen Min, que estava na frente, corria como um monstro em meio a multidão, era como se ele fosse incansável. Qualquer pedestre por qual ele passava, sentia como se uma rajada de vento tinha passado por eles. Ele agilmente pegou na grade de um canteiro e saltou sobre ele. Ele era mais rápido e habilidoso que um ginasta enquanto caia. Ele rapidamente se estabilizou e continuou correndo a toda velocidade.[TN: PARKOUR!!!]

Apenas aqueles que já tinham perseguido Chen Min antes, sabiam como que esse monstro precisava de observadores. Aquele pulo pelo canteiro, usando só a força de um braço, evidenciava sua força sobre humana. Xiao Yi concluiu que mesmo que ela tivesse correndo contra seu irmão, que era um membro das forças especiais, ela não sofreria tanto. A distância de 100m entre eles, era algo que ela não conseguia diminuir, não importando o quanto ela tentasse.

Correndo a toda velocidade ja há um tempo, fazia ela sentir que seus pulmões estavam prestes a explodir. Os tendões de seu calcanhar doíam tanto que pareciam que ia se romper a qualquer momento. No entanto, Xiao Yi apertou seus dentes com força e continuou a perseguir Chen Min como se sua vida dependesse disso.

Chegando a um velho apartamento no qual Chen Min tinha entrado, Xiao Yi também correu pra dentro. La dentro, ela viu Chen Min acenando pra ela, dentro de um elevador que estava fechando.

“Desgraçado! Fique parado!” Xiao Yi nem se preocupou em dar um tiro de aviso, ela imediatamente mirou e atirou. A bala acertou dentro do elevador mas não atingiu Chen Min.

O elevador foi até o terraço. Xiao Yi respirou fundo e correu pelas escadas.

“A habilidade dela com arma….. é Realmente impressionante.” Dentro do elevador, Chen Min que havia corrido a toda velocidade por 20 min nem mesmo tinha a respiração alterada. Ele tocou a bochecha, que estava levemente sangrando.

Depois de correr a uma grande distancia a toda velocidade, o coração de alguém vai acelerar e a respiração vai se tornar instável, afetando a precisão do disparo. Embora a distância entre eles era de apenas 10m, contanto que Xiao Yi conseguisse atingir dentro do elevador, sua habilidade com a arma estaria no mesmo nível que a elite da policia mundial. Para conseguir não apenas acertar o elevador, como também arranhar Chen Min…. Ela já estava no nível das forças especiais.

Chen Min, essa pessoa sem moral, teve um caminho fácil e confortável até o 23º andar. Ao contrário da coitada da Xiao Yi. Ela correu tanto que suas pernas tremiam, então ela teve que saltar até o ultimo andar.

A pele dela estava toda coberta em suor, e sua lingerie de renda preta estava tão molhada que água podia ser espremido dela.

Eles estavam em um antigo apartamento. Além da entrada na qual Xiao Yi estava, não havia outra saída. Ela utilizou a técnica respiratório que o seu pai tinha ensinado pra estabilizar seus batimentos cardíacos, e aguentado a dor de suas pernas que tremiam, ela preparou sua arma e andou em direção a ultima porta. Ela usou uma mão pra abrir a porta enquanto vigilante e rapidamente olhava em volta em busca de seu alvo.

Mas bem neste momento, ela ouviu o som de um soco empurrando a porta ao seu lado, no próximo segundo, algo segurou a arma na mão de Xiao Yi. Em menos de 0.1s, a pistola 0.77 de Xiao Yi tinha sido desmontada em pedaços de metal como um lego.

Xiao Yi pulou para trás e deu um chute giratório. Seria falta de educação não retornar favores. Então, ela chutou diretamente a porta que tinha sido empurrad pra cima dela.

“Seu físico é excelente, e suas pernas bem fortes. Seu corpo é bem mais forte que o meu antes de eu no Nirvana.” Chen Min bateu a poeira que estava em seu corpo. Ele olhou para Xiao Yi que estava a 2m de distância. Ele não era nem um pouco mesquinho com elogios.

“Meu soco não é nada mal também, Porque você não tenta ele um pouco?” Xiao Yi apertou seus punhos e entrou em posição de luta. Os músculos de seus ombros acumulando toda a força que ela conseguia. Os músculos abdominais dela tensionavam de maneira aparente. Essa parecia ser o lado ‘tigresa” que algumas mulheres tem, assim como os espinhos de uma rosa. [TN: não é bem tigresa, mas o cara traduziu algo na linha de ‘tensão de um beldade’ ou ‘dureza de uma linda mulher’, preferi colocar tigresa, é menos estranho]

“Eu te aconselho a se acalmar. Sua perna direita já esta até tendo espasmos. Seu corpo também está desgastado. Desse jeito, você não é nenhuma ameaça pra mim. Se você ainda tem um cérebro, você deveria chamar a policia e deixar outros cuidarem disso.” Chen Min aconselhou.

“Eu obviamente sei que chamar por cobertura é o mais apropriado a se fazer, mas se eu mesmo não te espancar, essa Srta aqui não vai conseguir dormir a noite!” Uma das pernas de Xiao Yi pulou dois passos para frente, se aproximando de Chen Min. A velocidade dela era mais rápida que a de um pugilista profissional, enquanto ela lançava uma sequência de socos.

Chen Min recuava enquanto desviava. Era como ele estivesse dançando como Xiao Yi. Em uma só vez ele recuou 5m. Então ele fortemente segurou Xiao Yi em seus braços.[TN: RAPE??? brincadeira KKK]

“Basta, você é qualificada.” Chen Min suavemente sussurrou no ouvido de Xiao Yi.

“Verdade?” A cansada Xiao Yi gargalhava com o rosto pálido. De repente, ela mordeu o ombro de Chen Min. Ela mordeu tão forte que até as roupas de Chen Min se rasgaram e os brancos dentes dela se cravaram na carne dele.

“Correção, você não é qualificada, você é excelente.” As duas mãos de Chen Min apertaram a nuca de Xiao Yi. Neste momento, a louca Xiao Yi finalmente sentiu o corpo dela enfraquecer e foi subjugada.

5 minutos depois, no balcão do velho apartamento havia pó de cerra pelo chão. Xiao Yi se sentava num bloco de concreto com suas mãos amarradas. Chen Min estava sentado na frente dela. Ele pegou o tênis que estava no pé direito de Xiao Yi, que estava tendo espasmos, e tirou o tênis dele. Então, ele de maneira sério começou a massageá-la. Suas mãos eram mais profissionais que os instrutores da policia, era mais gentis até.

“Eu quero começar uma agencia de Guarda-costas. Mais tarde, inevitavelmente haverá perigo. Eu não posso proteger o cliente enquanto levo em conta a sua segurança ao mesmo tempo. Então eu tive que testar suas habilidades. Você se saiu ainda melhor do que eu esperava. Seja nas capacidades físicas, pontaria ou em combate. Mesmo isso tudo sendo algo que as mulheres não possuem normalmente.” Chen Min disse isso calmo, como se tivesse conversando sobre o que comeu no almoço.

“Vem, vem, vem! Desamarre essa corda pra mim, eu vou deixa você experimentar o chute quebra-nozes dessa Srta![TN: Famoso chute da esterilidade] Ah! Isso dói! Seja mais gentil!” Enquanto Xiao Yi gritava, Chen Min aumentava a força e puxava o músculo dela.[TN:acho que o músculo do pé ???] A jovem mulher não conseguia deixar de gritar enquanto seu rosto ficava vermelho.

“Eu ja vi o bastante. Com certeza, fora os fatores básicos, eu gosto ainda mais do quão dedicada você é à missão. Mesmo no final, você não desistiu. Você é qualificada o bastante para ser minha assistente.” Chen Min levantou enquanto sorria.

“Eu sou sua observadora. Quem disse que eu quero ser sua assistente?” Xiao Yi disse enquanto movia seu tornozelo. a cãibra nele ja havia passado.

“Eu sou homem destinado a se tornar guarda-costas. Como você pode me observar sem se tornar minha assistente?” A lógica maluca de Chen Min era bem diferente de recusar.

“Seu mundo é virado de cabeça pra baixo. Eu não vou perder tempo discutindo essa sua lógica. Não é que eu quero por água fria em seus planos, mas seu concorrente é o 190. Eles estão disponíveis 24/7, e sempre acessível. De chaves perdidas até sequestros, eles cuidam de todos os casos. Trabalhos como o seu, de guarda costas, não são necessários na China.”
[TN: Por agua fria nos planos, é desanimar, cortar o barato, apontar sua falha, ser negativo…..]

“Não importa. Neste mundo existem coisas que a policia não consegue fazer mas um guarda-costas consegue. “Chen Min desamarrou Xiao Yi, e montou a pistola dela antes de devolver.

Xiao Yi segurou sua vontade de estourar a cabeça de Chen Min, e colocou a arma de volta em sua cintura.

“Venha, vou te trazer para ver o primeiro trabalho que eu escolhi.” Chen Min agiu misteriosamente enquanto levava Xiao Yi até o canto do balcão. Oposto a eles, havia uma grande tela de TV. A noticia sendo transmitida nela era《Cantora famosa, Meng Qi, recebe cartas com ameaças.》.

“Impossível! Recentemente, Meng Qi está em todos os lugares. [TN: Sentido que ela é muito famosa] Como você planeja se tornar o guarda-costas dela?” Xiao Yi piscava enquanto dizia.

“Só basta eu querer, e ela será minha cliente.” Enquanto Chen Min ria sem vergonha alguma, ele lançou um olhar para Xiao Yi que estava de sutiã em sua frente. “Mudando de assunto, você não está com frio?”

Ouvindo Chen Min dizer isso, Xiao Yi imediatamente abaixou sua cabeça e corou. Acontece que durante todo o tempo ela estava só em sua lingerie, e seus peitos estava meio expostos. Ela abraçou seu peito e disse olhando fixamente para Chen Min, “Desgraçado, é sua culpa!”

“Ta esfriando, vamos para casa” Chen Min colocou sua jaqueta sobre os ombros de Xiao Yi, então colocou suas mãos no bolso e andou em direção a saída do balcão.

“Chen Min,” olhando na direção das costas desse forte homem, Xiao Yi chamou.

“O que?”

“Na próxima vez, se você ousar brincar comigo assim de novo, eu juro que irei explodir sua cabeça.”

“Espere até que você consiga me espancar até a morte, depois fale. Minha ‘Rosa com espinhos’, ” Chen Min Ria masoquisticamente.

____________________________________________________________

Qualquer erro é só me falar \o

‘                        <-Capítulo Anterior  | Índice | Próximo Capítulo->

4 comentários sobre “God-level Bodyguard in The City – Capítulo 4

  1. Pingback: Dois pelo preço de nenhum! (God-level Bodyguard) – Aliança Novel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s