A Will Eternal Capítulo 5


<-Capítulo Anterior | Índice | Próximo Capítulo->

Capítulo 5 – Se eu perco minha vida, o que eu vou fazer então?

A espada de madeira aterrissou na panela, mas não pareceu ter qualquer mudança especial. Bai Xiaochun suspirou suavemente enquanto ele olhava com expectativa com os seus olhos abertos largamente, seu olhar vigilante fixado na espada.

Mas mesmo depois de esperar por um longo tempo, no fim, não havia nada estranho acontecendo. Bai Xiaochun pensou por um tempo, olhando para o padrão nos lados da panela concha de tartaruga antes de olhar para as cinzas de madeira no fogão. Ele subitamente pareceu ter uma epifania, enquanto ele se virava e saia do quarto. Logo depois, ele retornou com poucas toras de madeira que ele tinha utilizado anteriormente, agarrado em suas mãos.

Na Cozinha dos Fogões Ardentes, esta madeira não poderia ser considerada algo especial, mas ele ainda foi procurar Primeiro Gordo Zhang para pedir por alguns.

Enquanto ele acendia as toras de madeira, Bai Xiaochun viu instantaneamente a primeira linha do padrão da concha de tartaruga começar a brilhar grandemente novamente. O fogo queimava furiosamente antes que lentamente começasse a se extinguir. Bai Xiaochun começou a ponderar por outras ideias quando subitamente, a espada de madeira dentro da panela começou a brilhar com uma cegante luz prateada.

Bai Xiaochun recuou uns poucos passos. Antes disso, a cegante luz se desvaneceu e ele imediatamente pode sentir uma poderosa energia surgindo de dentro da panela.

Ele tomou uma respiração profunda e se aproximou cautelosamente. Ele viu que na espada de madeira, dentro da panela, fluxos de cegantes e brilhantes linhas prateadas tinham surgido, igual ao arroz espiritual. Essas linhas lentamente se escureceram, antes que desvanecesse para uma cor prateada escura.

Todo o corpo da espada parecia levemente diferente de antes. Embora o material ainda fosse madeira, parecia que radiava com uma afiada característica de ouro metálico. Os olhos de Bai Xiaochun se acenderam enquanto ele avançava e pegava cuidadosamente a espada de madeira. Ela dava a sensação de estar levemente mais pesada. Quando o trouxe para mais perto, ele podia mesmo sentir uma afiada frieza emanando da lâmina.

“Sucesso! Esta espada de madeira foi com sucesso refinada uma vez.” Bai Xiaochun estava selvagenmente alegre, enquanto ele agarrava a espada de madeira firmemente; tão em amor com ela que ele não poderia soltá-la. Ele olhou para a panela novamente enquanto ele pensava sobre como ele poderia esconder este item, antes que ele finalmente decidisse que ele devia simplesmente deixar onde estava. Quanto mais casual ele o tratasse, menos pessoas provavelmente o notariam.

Para o arroz espiritual, este problema foi facilmente resolvido por comê-lo. Mas desde que esta espada de madeira seria facilmente vista por outras pessoas, Bai Xiaochun contemplou em cobri-la sob alguns itens comuns, na qual iriam esperançosamente enfraquecer os raios brilhantes das linhas espirituais.

Depois que ele fez sua decisão, ele se levantou e encorajou a si mesmo antes de caminhar para fora da cabana de palha, agindo como se nada tivesse acontecido. Alguns dias depois, quando a noite caiu, ele pintou com as secreções multicoloridas que ele tinha coletado da Cozinha dos Fogões Ardentes nos últimos poucos dias sobre a espada de madeira, o transformando em uma feia bagunça multicolorida. Enquanto ele misturava as substâncias, ele notou que as brilhantes linhas espirituais tinham sido largamente cobertas e já não foram imediatamente óbvias. Somente então que ele assentiu sua cabeça com satisfação.

Nos seguintes dias, Bai Xiaochun tinha se adaptado para a vida na Cozinha dos Fogões Ardentes como um peixe na água. Ele tinha se tornado muito próximo com os seus Irmãos seniores e estava agora completamente familiar com as tarefas da cozinha, especialmente com as diferentes chamas que foram necessárias para cozinhar diferentes tipos de comida espirituais. Ele podia mesmo separar as diferentes chamas pelas cores então ele agora entendia que anteriormente, a madeira por baixo de sua concha de tartaruga tinha sido fogo de Uma Cor.

Em particular, porque Primeiro Gordo Zhang gostou bastante de Bai Xiaochun, ele tomou grande cuidado do jovem. Em poucos meses, assim como Primeiro Gordo Zhang tinha prometido antes, a vida de Bai Xiaochun na cozinha o tinha lentamente engordado.

Atualmente, ele estava longe da figura magricela que ele tinha quando entrou na Seita. Todo o seu corpo tinha ganhado várias camadas de gordura e seu rosto tinha se tornado mesmo mais largo, dando a ele uma mesma mais profunda impressão de ser inofensivo, como se ele estivesse ficando mais próximo do nome “Nono Gordo Bai”.

Com relação à ceia adicional, ainda hoje ele tinha experimentado umas poucas vezes. Mas o que preocupava Bai Xiaochun era que embora seu peso tivesse inflamado rapidamente, seu cultivo tinha começado a ficar mais lento. No fim, ele tinha simplesmente decidido não pensar sobre isso e gastar dia após dia comendo e bebendo com os seus Irmãos. Era uma vida de gloriosa liberdade. Do Primeiro Gordo Zhang ele ouviu montes de histórias de incidentes que acontecem dentro da Seita nesses poucos meses e tinha ganhado certo grau de entendimento em direção aos membros da Seita da Angra Espiritual.

Ele sabia que a Seita era dividida em discípulos da Seita Interior e discípulos da Seita Exterior. Aqueles no Departamento de Servidores que foram capazes de treinar até o terceiro nível da Condensação de Qi, foram capazes de passar no teste de cultivo da entrada do pico da montanha. Se eles fossem capazes de ter sucesso, então eles poderiam entrar no reino da cultivação e se tornarem discípulos da Seita Exterior. Somente aqueles que com sucesso fossem capazes de entrar na Seita Exterior que poderiam ser considerado para ter pisado nos portões da Seita Angra Espiritual.

Mas isto foi equivalente para um mero peixe tentar pular através do portão do dragão. Porque o exame de entrada de cada pico admitia somente três vagas a cada mês, o número de pessoas que poderiam com sucesso entrar na Seita Exterior foi fixo.

Neste dia, originalmente era suposto para o Sétimo Gordo descer a montanha em busca de ingredientes, mas ele tinha sido atrasado se atrasado devido a várias circunstâncias então com um aceno de mão, Primeiro Gordo Zhang ordenou a Bai Xiaochun para ir em vez dele. Bai Xiaochun hesitou brevemente – já tinha sido vários meses desde a última vez que ele tinha visto Xu Baocai então provavelmente deveria estar seguro para ir agora. Mas ainda, com um pouco de nervosismo, ele pegou seis facas de vegetais e pôs cinco camadas de coletes de couro. Ele parecia totalmente uma bola ambulante.

Ainda se sentindo inseguro, Bai Xiaochun encontrou uma panela resistente e o pendurou em suas costas. Somente agora ele estava confiante em sua segurança, enquanto ele vagasse fora da Cozinha dos Fogões Ardentes e descesse a montanha.

Enquanto ele vagava nas estradas pavimentadas da Seita, Bai Xiaochun olhava para os belos e incomuns edifícios a sua volta. Um profundo sentido de superioridade o preenchia enquanto o seu espírito subia.

“Os dias voam, minha vida é como um sonho. Eu, Bai Xiaochun, do nascimento até agora, cultivei por numerosos meses. Relembrando as distantes memórias de meu vilarejo, eu estou envergonhado…” ele lamentou para si mesmo. Suas mãos estavam cerradas por trás de suas costas, sete para oito facas de vegetais penduradas em sua cintura, uma panela negra carregada em suas costas e seu corpo vestia várias camadas de couro. Ele parecia uma esfarrapada bola de couro. Enquanto ele caminhava, ele passava por grupos de servidores que atiravam olhares questionadores para ele.

Em particular, havia algumas poucas discípulas que depois de verem Bai Xiaochun, ficaram tão divertidas com a aparência dele que elas cobriam suas bocas para rir suavemente. Os risos delas era igual ao som de sinos, claros e musicais.

O rosto redondo de Bai Xiaochun se tornou levemente vermelho, enquanto ele se sentia bastante poderoso. Ele tossiu secamente, estufou o seu peito e continuou para frente.

Não muito depois disso, antes que ele mesmo tivesse caminhado para fora do Distrito dos Servidores no terceiro pico, ele subitamente viu um grande número de servidores longe com olhares excitados em seus rostos, rapidamente correndo em uma direção. Aquela foi onde a trilha da montanha do terceiro pico foi localizada, geralmente um local favorito dos discípulos da Seita Exterior.

Lentamente, mais e mais servidores começaram a cobrar excitadamente naquela direção. Bai Xiaochun permaneceu ali, momentaneamente chocado antes que ele apressadamente agarrasse um frágil jovem da multidão que estava passando.

“Companheiro discípulo, o que está acontecendo ali? Porque todos estão correndo para ali?” Bai Xiaochun perguntou curiosamente.

Uma expressão irritada tinha aparecido no rosto do jovem quando ele tinha sido agarrado. Mas quando ele viu a larga panela negra pendurada nas costas de Bai Xiaochun, admiração poderia ser vista em seus olhos enquanto sua expressão se suavizava.

“Oh, então é um discípulo da Cozinha dos Fogões Ardentes. Você também deve ir dar uma olhada. Eu ouvi que o orgulho da seita exterior, Zhou Yu e Zhang Yide estão batalhando um contra o outro no campo de treinamento no pé da montanha. Os dois parecem ter alguma vingança pessoal contra o outro e eu ouvi que ambos já estão no sexto nível da condensação do Qi. Este tipo de evento é algo que eu tenho que ver não importa o que. Talvez eu possa aprender algo na qual irá se tornar a minha vantagem.” O jovem explicou antes que ele apressasse para longe, com medo que ele iria perder o show se ele fosse muito tarde.

Se sentindo muito curioso, Bai Xiaochun também correu naquela direção com largos passos, seguindo a multidão. Não muito antes que ele saísse do Distrito dos Servidores, chegando ao pé da montanha do terceiro pico. Ali, ele viu um enorme e gigantesco palco.

Este grande palco tinha quase trezentos metros de comprimento. Em volta do palco se congregava numerosos servidores. Ali havia mesmo um número de figuras em meio as montanhas circundantes, vestidos com elaborados trajes; esses foram os discípulos da Seita Exterior que também tinham vindo para assistir.

No palco, estavam de pé dois jovens que estavam igualmente vestidos com intricadas vestes. O rosto de um jovem estava cheio de cicatrizes enquanto o outro estava pálido como jade. As figuras deles se intersectavam um com o outro múltiplas vezes, enquanto sonoros ruídos soavam iguais a trovões.

Essas duas pessoas foram ambas envoltas por místicas luzes brilhantes. A frente do jovem com cicatrizes estava uma pequena bandeira, na qual flutuava mesmo com a falta de vento. Era como se estivesse sendo manipulada por uma mão invisível, se transformando em um tigre de névoa que rugia sonoramente, com o alto volume fazendo tremer a terra.

O jovem com a pele de jade, de outro lado, se arremessava de um lado para o outro no campo de batalha. Com uma pequena adaga índigo ele cortava o ar, deixando múltiplas trilhas espirituais que eram agilmente atiradas.

Bai Xiaochun assistia com olhos abertos enquanto ele tomava uma respiração profunda. Ele era capaz de manipular sua espada de madeira, mas suas habilidades foram incomparáveis com a do jovem de pele de jade.

As duas pessoas foram impiedosas em seus ataques, com a intenção assassina deles preenchendo o ar para a extensão que a vida deles tinha estado em perigo inúmeras vezes. Múltiplas feridas se espalhavam em seus corpos. Embora não houvesse feridas severas, ainda era uma visão arrepiante.

Esta foi a primeira vez que Bai Xiaochun testemunhou uma batalha entre cultivadores. Era completamente diferente do que ele tinha imaginado; este tipo de vicio e hostilidade foi suficiente para fazer o seu coração bater selvagenmente em medo.

“Para cultivar a imortalidade… Não é para que se possa viver para sempre? O que há com toda esta luta e matança? Se eu perder minha vida, o que eu farei então…” Bai Xiaochun engoliu saliva nervosamente. Quando ele viu a bandeira que pertencia ao jovem com cicatriz se transformar em um tigre de névoa e saltar ferozmente em direção ao outro cara, como se quisesse devorá-lo em uma mordida, Bai Xiaochun esfregou o suor em sua testa. Para ele, o mundo exterior foi muito perigoso! Retornar para a Cozinha dos Fogões Ardentes foi ainda a rota mais segura.

Fazendo sua decisão, ele começou a recuar rapidamente, mas justo quando ele tomou o seu primeiro passo para trás, um sonoro berro veio de não muito longe.

“Bai Xiaochun!!”

Bai Xiaochun se virou e instantaneamente percebeu a pessoa que inicialmente tinha escrito uma carta de desafio para ele em sangue. Com um sorriso demoníaco em seu rosto, Xu Baocai cobrou em direção a ele, segurando uma espada de madeira em frente a ele que brilhava com uma luz incomum, obviamente não era algo que um cultivador de nível um poderia derrotar. Naquele momento, ele cortou um arco no ar, exercendo uma relativamente forte pressão espiritual, enquanto ele corria diretamente para Bai Xiaochun.

Quando Bai Xiaochun viu a espada de madeira descendo, suas pupilas se contraíram quando ele instantaneamente sentiu que sua vida estava em severo perigo.

“Ele quer me matar!” Quando seu cérebro finalmente processou este pensamento, ele soltou um afiado grito de horror e fugiu tão rápido como ele podia.

“Assassino! Assassino!” Este sonoro grito podia ser ouvido por todos os servidores próximos a ele. Surpresos pela comoção súbita, um por um eles se viravam para assistir a cena se desenrolar. Mesmo Zhou Yu e Zhang Yide que tinham estado cruzando espadas no alto palco tinha momentaneamente parado a batalha deles. Isto era prova do quão alto as ondas de som eram.

Mesmo Xu Baocai foi assustado pelo grito. Ele tinha somente gritado o nome do outro cara e correu em direção a ele. Sua espada não tinha mesmo tocado no cara, mas o grito agonizante de Bai Xiaochun soou como se ele tivesse sido atravessado por uma espada.

“Bai Xiaochun, se você é tão poderoso então pare de correr!” A expressão de Xu Baocai se tornou horrível, seu ódio tão forte que fez as raízes de seus dentes doerem. Ele rapidamente perseguiu Bai Xiaochun.

“Se eu tivesse qualquer tipo de poder, eu o teria matado há muito tempo! Você acha que eu ainda estaria fugindo droga? Ajuda! Assassino! Assassino!” Bai Xiaochun berrava enquanto ele somente aumentava a sua velocidade.

Enquanto esta cena se desenrolava, no pico de uma montanha, havia um pavilhão em seu topo. No pavilhão, dois cultivadores se sentavam opostos de um ao outro, um homem de meia idade e o outro um ancião, enquanto eles jogavam uma partida de xadrez. O homem de meia idade era Li Qinghou, o velho que se sentava no lado oposto tinha uma cabeça cheia de cabelos brancos, um rosto rosado, seus olhos brilhando como brilhantes. Ele claramente não era uma pessoa comum. Enquanto ele examinava o pé da montanha, ele começou a rir.

“Qinghou, esta criança que você trouxe aqui, ele é bastante interessante.”

“Para o Líder da Seita rir depois de o ver, a personalidade daquele garoto deve ser fortalecido através de treinamento.” Li Qinghou falou enquanto ele balançava sua cabeça. Colocando uma peça de xadrez para baixo, ele sentiu dores de cabeça.

“Aquelas crianças da Cozinha dos Fogões Ardentes são todas muito orgulhosas. Para este garoto se tornar tão próximo a eles, não é fácil.” O velho acariciou sua barba, com seus olhos brilhando com diversão.

<-Capítulo Anterior | Índice | Próximo Capítulo->